Mangostim – Benefícios desta deliciosa fruta exótica

Mangostim

Costumamos ir à feira ao menos uma vez por semana comprar legumes, frutas e verduras, e, em uma dessas idas, me deparei com um fruto “diferente” em uma das barracas. Eu já havia visto esse fruto em fotos (e no Mercado Municipal de São Paulo!) e lido a respeito em livros e na Internet, mas ainda não tinha tido a oportunidade de prová-lo. Então, decidi comprar algumas unidades de Mangostim, uma fruta relativamente exótica e – posso dizer agora com convicção – muito deliciosa (apesar de não ser barata…).

Seu sabor é doce e ligeiramente azedo, lembrando um pouco a Lichia, e sendo definitivamente muito agradável.

O mangostim (Garcinia mangostana) é uma fruta de cor púrpura escura da família Clusiaceae (que inclui frutas como o abricó e o bacupari), sendo nativa do sudeste asiático, de países como Tailândia (que é o maior produtor), Indonésia e Malásia. É cultivado em diversos países, como China, Filipinas e Porto Rico.

Mangostim
Mangostim

Também é cultivado no Brasil, nos estados do Pará, Bahia e São Paulo.

Descrição do mangostim

A árvore do mangostim cresce em clima tropical, e devendo ser cultivada em locais com temperatura elevada, idealmente entre 25°C e 35°C, levando de 8 a 15 anos para começar a produzir frutos e podendo alcançar até 10m de altura. Seus frutos tem entre 6cm e 8cm de diâmetro, sendo colhidos geralmente entre o final do verão e o início do outono, de fevereiro a abril. Podem ser consumidos de forma natural ou ainda serem empregados na fabricação de doces e sucos.

Mangostim e sua saúde

O consumo do mangostim, aparentemente, traz algus benefícios para a saúde devido à sua ação antioxidante, além de ser anti-inflamatório e ajudar a combater fungos, vírus e bactérias. Outros benefícios que o mangostim traz à nossa saúde incluem:

  • Possui poucas calorias e é nutritivo, contendo minerais e vitaminas essenciais, como manganês, cobre e magnésio, e vitaminas B!, B2, B9 e vitamina C.
  • É rico em antioxidantes, como Xantonas, que são polifenóis usados no tratamento de doenças cardiovasculares
  • Pode ter propriedades preventivas de câncer, como relata este estudo
    Auxilia no controle da glicemia (“açúcar no sangue”): este estudo mostra que mulheres obesas que receberam 400mg de extrato de mangostim por 26 semanas diariamente tiveram redução significativa da resistência à insulina, quando comparadas a um grupo de controle.
  • Ajuda a proteger a pele contra radiação ultravioleta-B (raios UVB)

Outros estudos relatam benefícios variados como prevenção de declínio mental, melhora dos sintomas da depressão e diminuição de fatores de risco de doenças do coração, como o LDL – colesterol “ruim”, e triglicérides, ao mesmo tempo em que o colesterol “bom” aumenta.

Mas atenção: alguns estudos mostram que as Xantonas podem retardar o processo de coagulação do sangue, de modo que pessoas que possuam problemas de coagulação preferivelmente devem evitar concentrados ou sucos desta fruta – principalmente se já toma alguma medicação para “afinar” o sangue, como o ácido acetilsalicílico.

Mangostim aberto e pronto para ser consumido
Mangostim aberto, mostrando sua polpa branca, pronta para ser consumida

A tabela a seguir mostra alguns valores nutricionais do mangostim:

100g de Mangostim
Calorias 73 kcal
Carboidratos 18 g
Proteínas 0,4 g
Gorduras 0,6 g
Fibras 1,8 g
Cálcio 12 mg
Ferro 0,4 mg
Magnésio 13 mg
Potássio 48 mg
Sódio 7 mg
Manganês 5% do VD
Cobre 3,5% do VD
Vitamina C 12% do VD
Vitamina B1 3,5% do VD
Vitamina B2 3% do VD
Vitamina B9 7,5% do VD

*VD é o Valor Diário de Referência do nutriente.

Conclusão

O preço do mangostim é relativamente elevado em comparação com outras frutas, mas ainda assim vale a pena experimentá-lo, pelo seu sabor delicado e exótico, além de suas propriedades nutritivas e salutares.

 

One thought on “Mangostim – Benefícios desta deliciosa fruta exótica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *